Seus Contos Eróticos » Contos de Traição » A primeira traição de Lucas

A primeira traição de Lucas

Publicado em maio 26, 2021 por store
Rate this post

Minha primeira traição

Olá, me chamo Lucas. E essa história é sobre a minha primeira traição. Era final de semestre e eu estava planejando ficar as férias toda com minha namorada, a Emily e visitar lugares românticos com ela, porém ela queria viajar para o seu interior, eu não curtia muito viajar pro interior por isso disse que não iria. Ela reagiu bem até, mas tudo isso mudou quando ela pegou minha vizinha olhando pra mim, ela com ciúmes passou a dizer que eu não iria pra poder me flertar com ela. Eu não tinha conversado muito com minha vizinha antes, apesar da gente se conhecer desde pequenos, eu e Suzy não tínhamos muita intimidade, porém todo esse ciúmes de minha namorada fez eu olhar a Suzy com outros olhos, passei a ver um rosto bonito por trás do óculos, a admirar seus cabelos de tranças e a ver um corpo muito bonito naquelas roupas folgadas que ela usava.

Os olhares acabaram ficando recíprocos, no começo não foi por maldade, apenas admiração. Mas essa admiração fez com que a Andriele que era tímida se soltasse um pouco mais, passamos a nos cumprimentar, e ter rápidas conversas. Isso só aumentava o ciúmes de Emily, que ficou mais estressada e se nosso relacionamento não estava tendo sexo, ai que piorou mesmo. Enfim chegou o dia da viagem de Emily, ela estava tão brava comigo que nem se despediu, sei que era coisa de momento porém ficou um clima chato entre a gente.

No dia seguinte eu fui caminhar, por conta da faculdade e do namoro fazia tempo que eu não caminhava, na caminhada eu me encontrei com Suzy, ela usava um short que realçava sua bunda e dividia totalmente sua buceta, ela estava usando um top branco que por conta do suor chegava a mostrar um pouco seus seios, inclusive o os bicos que parecia que iria atravessar aquele top, eu fiquei excitado na mesma hora e passei a comê-la com os olhos, deixando ela então sem com vergonha e toda vermelha, foi quando ela então mudou de assunto e perguntou como eu estava, eu respondi que estava mais ou menos por conta das brigas com a Emily, que estava com ciúmes dela, ela arregalou o olho surpresa e me perguntou se eu queria entrar pra beber um copo de água.

Eu fiquei na dúvida se o convite era mesmo o que eu estava pensando mas decidir aceitar. Entrando na casa ela me surpreendeu ao tirar seu top e logo em seguida tirou seu short ficando apenas com uma calcinha vermelha linda que praticamente era engolida pela aquela maravilhosa bunda, seus peitos de tamanho médios pareciam serem deliciosos, sua expressão mudou totalmente, sua voz tímida deu a vez a uma voz madura, de quem estava no controle da situação, e então ela disse. Vou tomar banho, se quiser pode entrar comigo.

Toda aquela mudança de personalidade dela fez o meu lado safado acordar, quando ela deu um passo a frente, eu a peguei pelo braço, e disse. Eu quero você agora, ela disse que estava suada e eu repeti, eu quero você agora, puxando ela e dando um beijo bem gostoso nela, seus peitos roçavam no meu corpo, só me deixava mais excitado ela passou a acariciar meu pau e logo se ajoelhou, abaixando meu short e me mandando, que loucura, que boca espetacular, parecia ser outra Suzy na minha frente, eu quase gozava na boca dela, mas conseguir me controlar, joguei ela no sofá, rasguei sua calcinha e comecei a chupa-la, o cheiro de sua buceta estava muito forte por conta do suor, ela já estava encharcada também, passei a passar a língua em todo o corpo de sua buceta, pelos grandes e pequenos lábios, penetrando sua buceta com minha língua e depois passei a massagear seu clitóris enquanto meus dedos adentrava na sua vagina.

Suzy gemia muito algo e logo pediu, me fode de quatro, ela se empinou toda botando sua bunda pra cima, uma visão maravilhosa de se vê, eu passei a fode-la de quatro e ela então fez outro pedido, bate na minha bunda, foi quando eu dei o primeiro tapa e ela me olhou com uma cara de desejo falando bate mais forte, eu passei a bater mais forte e mais rápido enquanto eu fodia ela no começo devagar e logo em seguida com força, ela gemia alto e gostoso e então pediu pra sentar, ela sentava e rebolava na minha pica como uma mulher endiabrada.

Eu continuei dando tapas em sua bunda e comecei a alisar seu cu, logo botei um dedo enquanto ela sentava, para minha surpresa ela não reclamou então passei a mexer meu dedo, percebi que ela começou a gemer mais intenso e a sentar mais rápido, era incrível como ela apertava meu pau com sua buceta, eu passei a mamar seus peitos e ela passou a ser fodida na xana, com um dedo no seu cu e com seus peitos sendo chupando, até que ela finamente gozou, ficou alguns segundos delirando quando ela se levantou? Ficou de quatro novamente e abriu com suas mãos as bandas de sua bunda e falou mete por trás, eu não pensei duas vezes, fiquei uns três minutos chupando aquele cu, até que comecei a meter devagar, ela foi se acostumando e depois botei tudo, logo em seguida comecei a foder o cu de Suzy com força até gozar.

Depois do sexo, eu aceitei o convite do banho, onde fizemos sexo novamente.

1.327 views views
Rate this post

Contos relacionados

Como me tornei corna

Como me tornei corna Pedro casou comigo virgem, meu nome é Carla e nosso sexo sempre teve suas dificuldades, ele dizia que estava satisfeito, mas eu sabia exatamente onde eu deixava a desejar,...

LER CONTO

Fodendo com a vizinha casada

Olá amantes de sexo com histórias, hoje vou contar uma putaria minha com a vizinha safada que aconteceu a pouco tempo. Era um dia de sábado pela manhã quando um caminhão de mudanças parou na...

LER CONTO

Caindo em tentação e comendo a cunhada latina

Homem do pauzão comendo a cunhada novinha Conto erótico picante de macho bem dotado transando com a irmã da esposa, uma bela novinha que foi passar uns dias na casa do casal e acabou seduzindo o...

LER CONTO

O primo gostoso do meu marido

O primo do meu marido me deu um trato no banho Me chamo Luna, sou casada com o Rodrigo há 5 anos e nossa relação sempre foi sexualmente satisfatória nos primeiros anos, mas com o tempo as...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 2 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos