Seus Contos Eróticos » Contos de Virgens » Dando o cú pra não perder o cabaço da buceta

Dando o cú pra não perder o cabaço da buceta

Publicado em dezembro 8, 2021 por stif

Esse conto é algo que realmente aconteceu comigo. É algo que aconteceu há anos, mas eu nunca esqueço aquele dia. Aconteça oque aconteça, o primeiro anal agente nunca esquece.

Eu tinha acabado de completar os 19 anos, estava bem apaixonada pelo garoto mais gostoso da faculdade. Ele era muito especial pra mim, e também era super desejado por várias outras garotas. No entanto ele me escolheu ! E então assim namoravamos na porta.

Eu era de uma familia tradicional e com isso morria de medo de dar a buceta e ficar muito mal falada. Mas juro a vocês que eu já não me aguentava mais de tanto tesão na pepeca.

Liberando o cú pro namorado dotado

Toda vez que ficavamos ele me deixava bem excitada e totalmente molhadinha, era bem impressionante a vontade de transar que eu ficava. Até que em um belo dia meus pais precisaram viajar de última hora e me deixaram sozinha em casa. Rapidamente liguei pro meu macho que foi voando para a minha casa. Ele estava no limite pra gozar, era algo fora do cotidiano dele, já que sempre foi popular e fodia várias bucetas. Assim que chegou o safado começou a me beijar perdidamente e claro, me deixou toda molhadinha na pepeca.

Quando menos esperava, o macho passou a mão cheia na minha bucetinha e eu cheguei a tomar um susto. Eu recuei, pois era algo novo pra mim. Mas confesso que por dentro eu amei a situação e queria algo mais. Eu senti algo único na minha vida e aquilo pertubava a minha mente. Então em seguida peguei na mão dele e coloquei bem encima da minha buceta gostosa. Também coloquei o safado para chupar meus peitos que sempre foram duros e bicudos. Sempre fui louca para experimentar tal coisa.

Certo momento o macho me pegou pelo pescoço e me forçou a ficar de joelhos para então socar a rola dele todinha na minha boca. Eu não sabia nem por onde começava o tal do boquete. Porém o safadinho me ensinou como chupar o pauzão dele que chegava a vibrar de tão duro.

Em seguida fomos para o quarto onde ele me fez ficar peladinha e também tirou a roupa toda. Foi então que me lembrei que era virgem e que não estava preparada pra dar a buceta. Nesse momento tive a ideia de que ele poderia meter o pau grande todo no meu cuzinho. Eu sabia que doia, porém eu continuaria virgem da buceta, e isso que importava.

Dando o cú pela primeira vez

Logo procurei o meu óleo corporal e enxarquei minha bunda inteira com o óleo para ficar bem lisinha. Então fiquei de quatro com o cuzinho piscando querendo dar e o macho foi empurrando a pica com cuidado e eu senti meu rabo sendo rasgado. Foi muito doloroso, mas eu amei demaaaais. Foi maravilhoso senti o pauzão dele rasgando meu cú, apesar da dor eu gemia feito uma putinha no cio.

Depois de alguns minutos já com o pau grande todo no meu cuzinho, o safado começou a socar mais rápido e aquilo me deixava arrepiada. Foi ótimo dar o cuzinho para o macho que eu sempre amei. Além de continuar virgem, eu deixava o meu macho bem feliz e satisfeito.

Derepente sentir o leite quentinho saindo do meu cuzinho bem apertado e então entendi que fiz um bom trabalho. Foi minha primeira foda e eu aguentei um anal com um homem do pau grosso e gostoso.

Durante todo o nosso namoro eu só dei meu cuzinho. Liberar a bucetinha era algo muito impactante para a minha familia e constantantemente me forçavam a fazer exames. Então eu sentia prazer ao fazer anal com o meu namorado que metia a vontade na minha bunda gostosa.

5.780 views views

Contos relacionados

Primeira transa com o namorado

Olá, tenho 22 anos, sou branquinha, cabelos longos e ondulados, seios médios, 1,68 de altura, bunda redondinha e coxas grossas bem torneadas. Eu digo que modéstia à parte, sou uma mulher muito...

LER CONTO

Comendo cu da prima novinha

Olá, tudo bem? Agora vou contar a história do dia em que fodi o cuzinho da prima do interior que veio passar uma semana em minha casa. Cheguei da escola e recebi a noticia da minha mãe que minha...

LER CONTO

Comendo a crente virgem de 18 anos

Me chamo Rodrigo, tenho 23 anos, estudante de direito e tarado por crentes. Acabei comendo uma crente virgem que estuda comigo, e me dá muito tesão pegar uma gostosinha assim, sabendo que é...

LER CONTO

Menina de 18 anos virgem dando para colega da faculdade

Perdendo o cabaço da buceta com o amigo dotado Hoje vou falar da história da menina gostosa que deu a buceta pela primeira vez para o seu amigo da faculdade. Emily sempre foi uma menina timida,...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 1 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos