Seus Contos Eróticos » Colegiais » O professor tarado de Filosofia

O professor tarado de Filosofia

Publicado em fevereiro 21, 2021 por store

Meu encontro com o professor tarado

Eu tinha 18 anos, estava no último ano do ensino médio, quando na metade do semestre um novo professor chegou à escola. No começo eu me senti bastante atraída pelo cara. Esse professor novato é muito bonito, moreno, alto, barba por fazer, olhos cor de mel e um sorriso de homem safado.

Eu ficava muitas vezes molhadinha só de pensar nele, imaginar o que ele sabia fazer na cama. O Enem estava chegando e eu queria saber o máximo de todas as matérias. Como o professor era novato, eu ainda tinha algumas dúvidas para tirar sobre a matéria dele. No entanto, essa não era minha verdadeira intenção, eu só queria estar pertinho dele.

Fiquei esperando a aula da outra turma acabar e quando todos os alunos saíram eu disse que precisava falar com ele para tirar umas dúvidas. Dei o meu sorrisinho mais safado, eu queria causar algum impacto nele.

-Professor, preciso falar com o senhor!

-Claro, Manu, entre.

Ele me respondeu com um sorriso safadinho, mas não tanto quanto o meu. Peguei meu caderno, disse que queria saber sobre alguns pensadores e enquanto me apoiava no birô, dei uma empinada na minha bundinha.

Senti ele olhando pra minha bunda e foi a deixa que eu precisava para colocar em prática todo o meu poder de sedução. Fui empinando mais e me aproximando dele. Aos poucos fui encostando meus seios em seu braço, ele fingiu não sentir e continuou sua explicação.

Conforme o tempo passava, mais vontade eu tinha de chupar aquela rola. Depois de uns 20 minutos de explicação, resolvi ir mais além e comecei a tomar água só pra deixar cair na minha blusa.

O professor começou a rir e se ofereceu pra buscar um pano pra me secar. Eu toda safadinha respondi que não e disse que tiraria a camiseta pra secar. O safado ficou com a maior cara de espanto, mas quando comecei a tirar a roupa ele veio me agarrando e me beijando gostoso.

Em pouco tempo agarrei o pau dele, coloquei pra fora e comecei a acariciar bem gostoso, deixando o professor muito excitado. Seu pau estava bem duro. Aproveitei, me ajoelhei na hora e comecei a chupar ele inteiro.

Enquanto eu chupava seu cacete, olhava em seus olhos com a cara de quem estava muito excitada com tudo aquilo. Mamava naquele pau gostoso até chegar na minha garganta e sentia suas veias pulsando gostoso na minha boca.

Eu ficava cada vez mais molhadinha. Parei de chupar sua pica, cheguei no ouvido dele e pedi pra ele me foder todinha. Disse que tinha tido poucas relações, então pedi pra ele ser gentil comigo.

Ele me colocou de quatro na hora e foi colocando seu pau grande na minha bucetinha apertada. A gente transou gostoso por vários minutos, ele deixava minha buceta escorrendo de tesão, eu gemia baixinho e o negócio estava bom demais, no entanto, a última aula ia começar e tivemos que parar.

Antes de ir embora bati uma punhetinha gostosa pra ele e na hora de gozar, pedi pra ele jorrar tudo na minha boca. Eu engoli toda sua porra e depois desse dia, sempre que dava a gente repetia a dose de putaria.

972 views views

Contos relacionados

A aluna devassa e o professor da faculdade

Uma aluna safada dando para o professor da faculdade Eu trabalho como professor, me chamo Roberto e tenho 31 anos. Recentemente as aulas presenciais retornaram, sendo assim eu não conhecia...

LER CONTO

Fodendo a irmã dos meus amigos

Fodendo a irmã dos meus amigos . A história que passo a relatar aconteceu em minha juventude, há bastante tempo, mas que sempre lembro com carinho. Naquela época, eu já tinha começado a malhar,...

LER CONTO

Fodendo com professor dotado na sala

Dando a buceta na sala de aula Hoje conto a história da Laura, uma adolescente muito puta que fodeu com o professor para não repetir o ano letivo. Primeiramente a garota sempre foi popular na...

LER CONTO

Comendo a crente virgem de 18 anos

Me chamo Rodrigo, tenho 23 anos, estudante de direito e tarado por crentes. Acabei comendo uma crente virgem que estuda comigo, e me dá muito tesão pegar uma gostosinha assim, sabendo que é...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 2 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos