Seus Contos Eróticos » Gays » O dia em que transei com meu barbeiro dotado

O dia em que transei com meu barbeiro dotado

Publicado em julho 16, 2022 por stif
Rate this post

Olá amigos, sou o Marcelo, tenho 22 aninhos e sou gay. Hoje vou falar sobre um conto erótico do dia em que transei com o meu cabeleireiro. Um negro lindo e muito forte que tem um pau delicioso e me deixou todo arrombadinho na barbearia. O mais legal é que tudo aconteceu sem ter sido planejado. Não quero dizer que eu não queria, sim eu sempre quis. Sempre que corto o cabelo com o Paulão eu fico excitado e com o cuzinho piscando pois o cara é um pedaço de mal caminho. Mas a nossa foda aconteceu de uma forma inesperada e natural.

Eu nunca imaginei que ele tinha interesse por bundas de homens, ele nunca me deu bola e nada do tipo. Porém naquele dia, o Paulão parecia estar possuído pelo espirito comedor de cú. O negão me deixou super excitado e me tratou de uma forma que eu nunca imaginaria. Ele meteu gostoso na minha bunda e me deixou todo esfolado, além é claro, de cortar meu cabelo no melhor estilo. O cara é um barbeiro de mão cheia e pra ficar mais perfeito, gosta de comer cu de viado.

Barbeiro bem dotado comendo cliente passivo

Era um dia de segunda eu tinha pego folga e então decidi e cortar o cabelo e fazer a barba. Como de costume cheguei bem cedo na barbearia do Paulão que trabalha com mais outro barbeiro, porém naquele dia ele tinha faltado. Dia de segunda tem pouco movimento pra tudo, então eu era o único cliente do Paulão. Ele me sentou na poltrona e iniciou o trabalho, falei para ele cortar do mesmo jeito de sempre e tudo certo. No entanto eu senti o Paulão diferente, ele tava estranho. O cara me olhava de uma forma que nunca tinha olhado antes. Imagina você sentado e um negro de quase 2 metros de alturo, super malhado, com uma navalha em mãos te olhando estranho? Pois é, eu fiquei com medo. Nunca passou pela minha cabeça que ele iria querer algo comigo um dia, e ele sempre soube que eu sou gay.

Aquele dia eu sentir que tinha algo errado com o Paulão, ele me alisava toda hora, algo que não era comum. Eu comecei a ficar arrepiado com os carinhos que ele fazia em meu rosto e então sem querer mordi meus lábios com a cara de safado. Achei que não, mas ele percebeu. O Paulão me perguntou se eu estava gostando, eu confirmei que sim. Estava carente, meu namorado tinha me largado há meses e eu nunca mais tinha me relacionado com ninguém. Quando contei isso pro Paulão, ele me prometeu uma surpresa. Então ele foi até a porta do salão, trancou tudo e voltou pra seguir cortando meu cabelo. Eu achei que fosse alguma brincadeira dele e questionei do que se tratava essa surpresa. Contudo ele ficou atrás de mim e encostou nas minhas costas.

Eu sentir um volume diferente tocando nas minhas costas, e fiquei tentando imaginar o que seria. Achei que fosse um presente, sei lá, ele disse que era uma surpresa. Então quando me virei, o cara estava com um volume enorme por baixo da sua calça. Eu fiquei abismado, seria mesmo a piroca do Paulão aquilo tudo?

Chupando a pica grossa do cabeleireiro dotado

Quando vi aquele volume na calça do negão não resisti e peguei com as duas mãos. Era uma piroca enorme e estava latejando de tesão. No entanto o Paulão olhou em meus olhos e me disse:

  • Eu nunca tirei nenhum ousadia com você, mas sempre quis muito ter uma chance. Sei que você fode pra caralho, um amigo meu já me contou. E sim, eu gosto de comer bundas.

Cara eu fiquei assustado. Falei pra ele que nunca imaginaria, porém adorei a ideia de foder com aquele negro dotado. Dessa forma, coloquei a pica pra fora e comecei a bater punheta enquanto chupava aquele pênis enorme que ele socou na minha boca.

Eu chupei tanto aquela piroca de mais ou menos 24 cm que a minha boca ficou adormecida. Sendo assim o Paulão me pediu pra ficar pelado pois queria me chupar inteiro. Eu tiro toda a minha roupa e ele também, depois ele chupa minha pica que estava dura e depois passou a língua na minha bundinha lisa. Dessa forma meu cuzinho piscava tanto, implorando por um pau gigante dentro. Então o Paulão não perdeu mais tempo e meteu com tesão no meu cuzinho gostoso. Eu só conseguia gemer e gritar com toda aquela piroca rasgando meu cú. Foi algo tão maravilhoso e doloroso ao mesmo tempo, do jeito que sempre quis.

O safado da pica grossa deixou minha bundinha toda esfolada, depois tomamos banho e ele continuou com o corte do meu cabelo. Logo começou a chegar alguns clientes e então agimos normalmente. Com o corte finalizado, paguei e fui embora muito feliz e sorridente. Levei pirocada de um negão gostoso que nunca imaginei que pegaria, foi algo muito delicioso e eu queria mais e mais.

Dias depois o Paulão me manda uma mensagem me convidando pra sair. Curtimos a noite inteira em uma boate e passei a noite na casa do negão pauzudo. Começamos um relacionamento escondido e ficamos assim por um bom tempo. Foram noites especiais e inesquecíveis onde eu sofria pra caralho na piroca grossa do negão.

Pedindo o meu barbeiro em namoro

Eu estava apaixonado por aquele cara, mas ele era um tipo de cara que não conseguia se entregar e aceitar sua sexualidade. Na verdade, o Paulão sempre foi bissexual e ele prezava muito por seu status de machão. Sendo assim ele não queria se assumir gay ou algo do tipo e então não levaria nosso relacionamento pra frente. Nesse caso resolvi parar de encontrá-lo e até mudei de barbeiro. Eu não poderia viver amando uma pessoa e tendo que encontrá-la todas as vezes escondidos sem poder demonstrar todo o meu amor por ele.

4.533 views views
Rate this post

Contos relacionados

Peguei meu marido no flagra

Vou contar como peguei meu marido no flagra. Eu, como muitas mulheres ainda, somos criadas para crescer, casar, ter filhos, cuidar da casa e da família. No meu caso isso aconteceu, pois nasci no seio...

LER CONTO

Mamei na pica de dos policiais gostosos

Eu me chamo Rafael, e mamei a pica dos policiais gostosos depois de uma festa numa boate gay. Eu sou baladeiro, e quando vou pra uma festa, saio no lixo junto com meus amigos. Acabou rolando uma rave...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos