Seus Contos Eróticos » Contos de Traição » Fodendo com a vizinha casada

Fodendo com a vizinha casada

Publicado em junho 21, 2022 por store
4.6/5 - (16 votes)

Olá amantes de sexo com histórias, hoje vou contar uma putaria minha com a vizinha safada que aconteceu a pouco tempo. Era um dia de sábado pela manhã quando um caminhão de mudanças parou na casa ao lado trazendo os novos moradores. Eu prontamente fui dar uma força para os novos vizinhos e ajudei a descarregar os móveis do casal. Depois da boa ação voltei para a minha casa onde estava tomando minha cervejinha e comendo um churrasco. No entanto algo me chamou a atenção, a mulher do novo vizinho não tirava os olhos de mim enquanto eu ajudava na mudança. Uma mulher linda bem grande com o corpo de cavalona. Eu fiquei desconfiado, não lembrava conhecer aquela mulher de nenhum lugar. Porém agir naturalmente e assim foram passando os dias.

Conhecendo a esposa do vizinho corno

Eu estava de férias então ficava todos os dias em casa tomando cerveja e batendo papo no celular para relaxar um pouco. Nesse tempo sem fazer nada percebi que o novo vizinho saia muito de casa e a gostosa dele ficava muito tempo sozinha. Não sei bem para onde o cara tanto ia, só sei que ele demorava muito.

Certo dia a puta do vizinho me chamou pela janela de casa, eu rapidamente atendi e fui até lá saber do que ela precisava. Ela me pediu pra consertar um cano que tinha estourado já que o marido iria demorar a chegar. Eu fui e consertei o problema da encanação da mulher e depois iria pra minha casa. Porém a puta me chamou para tomar uma cervejinha na sala como forma de agradecimento.

  • Espera um pouco vizinho, sei que você gosta muito de cerveja, venha tomar uma comigo! – Disse a vizinha gostosa.

Eu não poderia negar e fazer essa desfeita não é mesmo? Afinal eu sou um amante de cervejas rsrs. Sendo assim sentei-me na sala da casa da vadia e tomei algumas cervejas com ela enquanto conversamos sobre muitos assuntos. Ela era uma mulher linda e muito interessante, algo que me deixou enfeitiçado por ela. Mas eu não podia dar encima da mulher casada, então fiquei na retaguarda esperando uma brecha. Apesar de que estava visível que ela também estava afim e me parecia muito carente precisando gozar em uma pica grande.

Quem não dar assistência perde pra concorrência

Não demorou muito para essa putinha se soltar e mostrar quem ela é de verdade. Uma mulher insana que adora foder com homens desconhecidos. Ela ficou com os peitos grandes de fora e me chamou para chupá-los inteiro. Eu questionei sobre o marido dela e a puta me garantiu que ele não chegaria tão cedo. Foi então quando cair de boca nos peitos da vadia casada chupando a mulher inteira e deixei a buceta dela toda molhadinha.

A safada gozou muito rápido na minha boca quando a chupei na pepeca. Ela me contou que há dias não recebia uma foda do marido que pouco lhe dava atenção. Como um homem consegue deixar uma bela mulher dessas carente? Eu não podia permitir isso e então fodi a buceta da vizinha casada com muita vontade. Ela tinha peitos gigantes e me fez delirar de tesão colocando os mamilos sobre meu rosto ao cavalgar na minha piroca gostosa.

Nessa brincadeira de tanto foder com a puta e tomar cervejas, lá se foram duas caixinhas e muita gozada na boca e nos peitos da puta que gemeu pra caralho com todo meu cacete na buceta. Depois de muitas horas transando com a gostosa, eu precisava ir embora. Então peguei minhas ferramentas e voltei para minha casa onde tomei banho e relaxei na cama. A foda com a vizinha puta não saia da minha cabeça e foi algo vicioso. Eu não pensava em mais nada além da mulher do vizinho pelada sentando na minha pica. Foi algo muito intenso e rápido, com apenas uma foda me apaixonei por essa vadia dos peitos grandes e precisava foder outras vezes com essa gostosa.

Tendo um caso secreto com a vizinha gostosa

A partir daquele dia a esposa do meu vizinho não me deixou em paz, afinal não foi apenas eu quem adorei o sexo rsrs. Ela também ficou viciada na minha pica grande e todos os dias me convidava para transar gostoso. Foi assim durante o resto da minhas férias, fodendo diariamente com a vizinha rabuda e gozando pra caralho na buceta dela. O corno nunca desconfiou de nada, e depois que voltei a trabalhar continuei comendo a puta, porém somente aos finais de semana.

10.778 views views
4.6/5 - (16 votes)

Contos relacionados

Com meu amante gostoso na praia

Eu e meu amante na praia Eu era casada, mas meu marido não me fodia como o Victor, desde que nos conhecemos nós não paramos de sair, cada trepada era maravilhosa. Como meu marido era um corno...

LER CONTO

Baiano Safado Arrombando a Casada Carente

Oi, sou o Murilo, baiano de Feira de Santana, negro, 1,87 de altura, corpo atlético e viciado em putaria. Acabei arrombando a casada safada que mora no meu bairro e é esposa de um coroa fofoqueiro...

LER CONTO

O massagista da minha esposa

Guto, 32 anos. Minha mulher contratou os serviços de uma massoterapeuta, alguns dias atrás, e fez uma pacote de 10 massagens. Num final de tarde fomos correr no calçadão da praia e minha namorada...

LER CONTO

Transei com o melhor amigo do meu namorado

Estou comprometida há um bom tempo, tenho 29 anos e amo usar roupas que valorizem meu corpo, porque modéstia à parte, acho ele muito bonito. Eu adoro vestir shorts curtos, vestidinhos e saias. Me...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2024 - Seus Contos Eróticos