Seus Contos Eróticos » Velhos com Novinhas » Trepei com o coroa no hotel

Trepei com o coroa no hotel

Publicado em março 3, 2021 por store

Eu estava na piscina de um hotel. Depois de um tempo chegou um casal de idosos na piscina. Quando fui me virar, tomei cuidado para amarrar o meu biquíni, que tinha soltado naquele momento. Reparei que o senhor estava me olhando muito e mexendo na piroca. Aquilo me incomodou, peguei um livro e comecei a ler, mas resolvi olhar pra ver se ele havia parado com aquilo.

Quando olhei, reparei no volume, estava enorme. Ele devia ter uns 70 anos, achei que nem funcionasse mais. Quando vi o tamanho da sua pica eu fiquei toda molhada, louca de tesão. Fui para a piscina tentar esfriar, mas não deu certo, então como uma boa puta que eu sou, saí da piscina e comecei a provocar o velho.

Passei as mãos pelo meu corpo, seios, acariciei por cima do biquíni enquanto me deliciava embaixo do chuveirão. Quando vi que não estava aguentando mais, resolvi voltar para o meu quarto, mas passei por perto, vi o número do quarto dele na chave. Depois que eles saíram da piscina eu conseguia ver do meu quarto.

Esperei uns 15 minutos e liguei no quarto dele. O velho atendeu e eu comecei a gemer por telefone, estava me masturbando e disse que queria que ele fosse ao meu quarto e me comesse todinha. Ele ficou sem graça, desconfiado, mas eu disse que era a moça da piscina.

Falei que tinha provocado ele depois de ver o tamanho da sua rola marcada no short. Eu disse pra ele que queria foder, pedi pra ele mandar a esposa para a massagem e vir até meu quarto. Assim ele fez, quando chegou eu estava só de lingerie, fio dental preto de renda e sutiã.

Ele me agarrou, beijou, apertou minha bunda e caiu de boca nos meus peitos. Empurrei a porta e o puxei para cama. Demorou um pouco mas ele ficou excitado. Chupei aquele mastro bem gostoso, então decidi que queria sentar naquele monstro.

Sentei gostoso, senti ele me rasgando inteira, mas eu estava tão molhada. Ele me deixou molinha, me colocou de bruços na cama, botou um travesseiro debaixo da minha bunda pra eu ficar empinadinha e colocou a pica no meu cu.

Eu não aguentei, pedi pra ele parar. Ele parou, me pediu algo pra lubrificar e disse que ia comer minha bunda porque eu tinha pedido pra ele me comer toda. Ele pegou um óleo de banho, me lambuzou toda e colocou no pau também. Esse safado voltou a me penetrar e eu fui gostando.

Ele me mordia inteira, enfiava os dedos na minha buceta e me levou à loucura. Nunca gozei tanto com um cara como gozei com ele, foi uma delícia de experiência.

5.485 views views

Contos relacionados

Mais um professor gostoso de tirar o fôlego

Sexo com meu professor gostoso e safado Meu nome é Juliana, tenho 22 anos e quando tinha 19, eu era aluna de um professor muito bonito e carismático, que deixava as alunas loucas. Quando a aula...

LER CONTO

Fudendo com o patrão da mãe

Sou a Tassiana, tenho 22 anos e terminei fudendo com o patrão da minha coroa. Eu sempre fui safada e fogosa, desde nova, e minha mãe trabalha numa empresa de RH, onde o Marcelo é dono. Ele sempre...

LER CONTO

A filha da minha vizinha é minha

Minha Vizinha tem uma filha única. Mas única em tudo. Uma bela mulher com jeitinho de menina, baixinha, peitinho pequenos, pernas grosas e uma bunda maravilhosa. Um espetáculo de mulher, 28...

LER CONTO

Transando com o amigo do meu pai

Olá, me chamo Juliana, sou universitária, 23 anos de idade, loirinha, olhos castanhos, seios médios e bunda bem empinadinha. Eu sempre fui diferente das garotas da minha idade, sempre curti homens...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 1 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos