Seus Contos Eróticos » Relatos » Fodendo a loirinha carioca

Fodendo a loirinha carioca

Publicado em maio 19, 2021 por store
4.4/5 - (5 votes)

Fodi a loirinha carioca do aplicativo

Certa vez conheci Day, num aplicativo de celulares e nos encontramos pessoalmente. Day era super cheirosa era baixinha, cabelos loiro grande e tinha uma cova no sorriso. Super simpática e educada, Day era uma menina séria que não queria curtição.

Isso foi num dos motivos de não termos transado logo no primeiro encontro, porém Day chupou meu pau bem gostoso dentro do carro dela até eu encher a boca dela de leite foi embora sem eu poder sentir a xaninha dela. O tempo foi passando e nos distanciamos.

Durante algum tempo só mantivemos contato por facebook até que em 2016 ela estava no RJ e eu estava indo passar o Final de ano lá também.
Chamei ela no privado do facebook e falei que ela tinha uma pendência comigo, ela sorriu e não disse mais nada.

Estava na Barra da Tijuca e no dia seguinte mandei mais uma mensagem para ela, dessa vez mais categórico com a seguinte palavra — EU QUERO TE FODER, ela me respondeu depois de 1 hora que poderíamos ir num barzinho tomar uma, porém ela estava com uma amiga e eu na casa do meu amigo.
Foi o programa ideal, sentamos no bar bebemos, passarmos e depois de lá fomos para a cara do meu amigo.

A Day já estava com a marquinha do biquíni, loirinha cabelo liso, uma blusinha que desenhava seus peitos deliciosamente e uma saia jeans, uma rasteirinha e o pé com um esmalte vermelho maravilhoso..

Depois de tomarmos uma chegamos na casa do meu amigo, meu amigo tarado já subiu com a amiga dela para o quarto dele e deixou eu e aquela loirinha sozinhos na sala. Começamos nos beijar bem forte com tesão se mordendo os lábios e falando que queria sentir ela todinha. Comecei a beijar ela nos peitos e fui descendo, o tesão era tanto que nem tirei a saia dela, somente levantei e puxei a calcinha de lado, foi o suficiente para colocar a língua naquela buceta molhada, ela gemeu e eu também, enquanto eu chupava o grelo dela, ela se esforçava para me masturbar pois queria sentir meu cacete também.

Ela abaixou meu shorts e a cueca junto, cuspiu no meu cacete e começou a mamar bem forte sugando minha piroca que estava latejando e molhada de tesão. Ela batia com meu pau na cara dela, cuspia na cabeça da minha rola, parecia uma tarada que queria meter, uma típica loirinha puta que estava sedenta de sexo.

Deitei ela no sofá e voltei a chupar ela, pela primeira vez na vida uma mulher gozou de esguichar liquido na minha boca e rosto, um tesão maravilhoso, misturado com um gosto que jamais havia sentido.

Não resisti, coloquei a camisinha e coloquei na buceta dela, ela abriu bem as pernas para sentir meu cacete entrar todinho na buceta dela, enquanto eu metia eu a chamava de vagabunda, ela sorria e mandava eu foder a puta dela, estávamos os dois todos melados de prazer e eu socava sem dó para ela sentir o tesão que eu estava sentindo por ela.

Virei Day de quatro ela abriu a buceta e comecei a foder ela nessa posição, ela enfiou a cara no travesseiro e gemia mais alto, foi aí que cuspi no cu dela e enfiei meu dedo para lacear pois queria meu cacete dentro do rabo dela. Ela não deixou, disse que somente o dedo eu iria poder colocar no cuzinho dela, então eu ia metendo minha piroca na xana e enfiando um dedo e depois dois só pra ouvir ela gemer.

Ao penetrar com dois dedos foi inevitável, mais uma gozada jorrando líquido da minha loirinha putinha. Ela gozou sorrindo e me chamando de filho da puta, eu adorei, eu nessa hora já nem aguentava mais então tirei meu pau de dentro da buceta dela, tirei a camisinha e deitei ela no sofá com a cabeça para fora e mandei abaixar a cabeça, queria ela engasgando com minha porra.

Foi nessa hora que ejaculei tudinho na garganta dela gota por gota dentro da língua dela. Puxei ela pelos cabelos e beijei a boca dela , o cheiro de sexo era maravilhoso.

Depois repetimos a dose com direito a mais uma gozada da minha parte, porém dessa vez bem na porta do cuzinho dela, ela prometeu que num próximo encontro me daria o cu, mas infelizmente Day, encontrou um namorado meses depois e se casou. Ficou a lembrança boa e a frase verdadeira

693 views views
4.4/5 - (5 votes)

Contos relacionados

Meu melhor amigo me arrombou

Caso você visse por acidente fotos eróticas do seu amigo no celular dele, o que você faria? Bom, eu gostei tanto do que vi, que dei a buceta pro meu melhor amigo foder gostoso. Eu me chamo Tereza e...

LER CONTO

Novinha transou com um velho por dinheiro e gostou

Novinha dando pro coroa que pagou bem Hoje vou contar uma história de uma jovem latina que ficou desesperada ao viajar para outra cidade em busca de estudos e acabou perdendo o emprego de...

LER CONTO

Foda com meu colega tesudo

Esse é meu primeiro conto erótico, mas tudo indica que não ficarei somente nesse. Meu nome é Patrícia, tenho 35 anos, mas aparento ter menos. Sou baixinha, falsa magra, seios médios bem durinhos...

LER CONTO

Comendo a dona da pizzaria

Comendo a chefe gostosa na pizzaria Há alguns meses rolou algo inusitado que já mais imaginei que iria acontecer. Bom vamos lá: Atualmente trabalho em uma pizzaria aonde aconteceu tudo. Eu...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 3 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos