Seus Contos Eróticos » Contos de Traição » Trai meu marido com o negão da nossa rua

Trai meu marido com o negão da nossa rua

Publicado em maio 7, 2020 por store

Eu sou uma esposa safada, trai meu marido com um negão que mora na rua da gente, e apesar do peso na consciência, não resisti e dei de novo pra ele. Vou contar como essa putaria com meu vizinho começou. Eu sou a Cacau, casada, 31 anos, sem filhos, gostosa, rabuda, baixinha, coxas grossas, cintura bem feitinha e seios grandes. Adoro usar roupa curta e deixar os homens babando, mas meu marido que sempre foi muito conservador, acaba me proibindo de fazer muita coisa.

Isso tudo me deixa com mais vontade de aprontar, e foi assim, sendo mal comida todos os dias, que acabei me envolvendo com o Augusto, um negão baiano que mora aqui na rua, ele tem namorada, ela mora no interior e só vem na casa dele aos fins de semana, e como meu marido é motorista de ônibus, muitas vezes viaja pela noite e me deixa sozinha em casa, na maior carência e tédio. Um dia precisei consertar a porta do meu armário, como o Augusto ajuda todo mundo nessas coisas, resolvi pedir pra ele, claro que também era uma desculpa pra ficar perto desse homem, só queria olhar, sempre achei ele bem gostoso.

Contos de traição com casada e negro

Ele veio aqui me ajudar em uma sexta, ofereci uma cerveja, ele aceitou e a gente ficou no maior clima, rola muita química entre nós dois. Enquanto a gente tomava uma cervejinha e outra, fiquei com uma vontade louca de foder com ele, minha bucetinha até latejava só de perceber o olhar safado desse homem em cima de mim. Ele não parava de me encarar, deu até uma pegada no pau, que me deixou louca quando vi o volume que aquele cacete fez na mão dele.

-Seu marido volta hoje, Cacau? ele pode não curtir me ver aqui.

-Iiiihh não se preocupa não Guto, ele tá viajando, só volta pra casa no domingo.

-Huuuumm, então é tranquilo tomar uma cervejinha aqui com você.

-É tranquilo qualquer coisa que a gente quiser fazer…

Deixei a frase no ar, ele sorriu malicioso, se aproximou de mim e disse:

-Sempre tive um tesão em você, sabia? você é muito gostosa.

-E eu em você, sempre notei você me olhando e isso me deixa toda arrepiada, me dá sua mão aqui, pra você ver como me deixa.

Peguei a mão dele e coloquei bem na minha buceta, ele ficou louco, soltou um caralho e um delícia quando me sentiu toda molhadinha por causa dele. Ele então me colocou em cima da mesa da cozinha, começou a beijar meu corpo inteiro, me deixou toda arrepiada, senti o pau dele duro encostando em mim, aproveitei para abrir as pernas e aumentar nosso contato. Ele sussurrava baixinho palavras safadas ao pé do meu ouvido, me deixava louca e mais molhada, senti a língua quente e gostosa dele descendo pelo meu pescoço, meus seios, até que ele tirou minha blusa junto com meu sutiã e começou a chupar um dos meus peitos, enquanto passava a mão no outro e apertava, massageando como eu gosto, me deixando arrepiada, com os bicos bem durinhos.

Ele foi beijando minha barriga, tirou meu shortinho junto com a calcinha e me deixou completamente nua, antes de tirar a própria roupa. Quando ele tirou a camisa, até gelei com esse peitoral gostoso levemente definido, e com o pau fazendo o maior volume na cueca branca. Quis arrancar aquela cueca, puxei e vi seu cacete grosso e veiudo quase pular na minha cara. É uma pica de respeito, grande e grossa, do jeito que eu gosto para preencher minha buceta. A gente trocou beijos safados e ele começou a me provocar pincelando a cabeça da sua pica na minha entradinha, Eu gemi, suspirei, pedi pra ele botar, mas ele queria me deixar doida de tesão.

-Para de me torturar, mete essa pica vai, minha buceta já tá doendo de tesão.

-Calma putinha, já vou te comer bem gostoso, de um jeito que você não vai querer parar.

Gostosa traindo o corno com vizinho

Me arrepiei ouvindo isso, a gente continuou se beijando gostoso, comecei a mover os quadris para aumentar nosso contato, ele chupava meu pescoço, minha barriga, até que se ajoelhou e começou a beijar e lamber as laterais das minhas coxas. Fiquei louca, abri mais as pernas, ele beijou minha buceta por fora, lambeu os grandes lábios, até que que eu dobrei os joelhos e abri minha buceta com as mãos. Senti a língua dele de leve, suspirei, gemi, fiquei louca, que tesão da porra. Ele chupava muito gostoso, eu ficava cada vez mais molhadinha.

-Aaaaaaiiii, você chupa tão gostoso!

-Que delícia de buceta, gostinho bom…

Ele chupou gostoso, sugou minha buceta, fiquei louca, é muito tesão. Ele enfiou a língua dentro e ele me chupou tão gostoso, mamou de um jeito tão delicioso na minha bucetinha, que acabei gozando na boca dele, o safado adorou! Eu fiquei ali com aqueles espasmos, coração acelerado, as pernas moles tremendo muito, foi um prazer intenso. Ele me beijou enquanto eu me recuperava, e quis retribuir chupando a pica dele. Comecei a mamar na cabecinha, lambi, suguei as bolas e deixei ele com muito mais tesão.

Ele começou a mover o quadril, empurrando essa rolona gostosa na minha boca, fiquei louca de tesão, engoli tudo, não aguentei, engasguei umas duas vezes mas não parei de mamar naquele caralho. A gente tava curtindo muito, ele interrompeu a chupada e me pegou no colo, me colocou de quatro na mesa da cozinha, encaixou o pau na minha bucetinha e mandou ver. Foi um delícia, a gente começou a gemer gostoso, ele me puxou pelos cabelos, segurou minha cintura e começou a socar o pau com força, minha buceta ardia, doia mas eu queria mais, era muito gostosa ser fodida por esse macho gostoso.

-Que delícia de buceta apertadinha do caralho, tá apertando muito meu pau.

-Você gosta? ela é toda sua, fode essa buceta todinha, vai

Ele fodeu com força, foi uma delícia, a gente ficou trepando pra cacete, ele aumentou o ritmo da trepada, avisou que ia gozar e na hora de gozar tirou o pau e me fez abrir a boca. Engoli tudo, cada gota daquele leitinho de macho, foi uma delícia. Valeu a pena demais essa foda, nós dois ficamos muito próximos e sempre que dá, mato a vontade dessa pica preta.

21.646 views views

Contos relacionados

Sou uma morena, tenho 31 anos, sou casada. Meu marido é um homem que sabe o que fazer com uma mulher, sabe trabalhar direitinho com as mãos, língua e sobre tudo com seu pau. Ufa! Como é gostoso. ...

LER CONTO

Uma transa proibida

O meu marido Fernando trabalha de segunda à sábado e como eu não trabalho, fico sozinha em casa. Um belo dia eu estava tranquila, quando o Alex, amigo do meu marido, veio até aqui em casa e...

LER CONTO

Sexo gostoso com a namorada do amigo

Transando gostoso com a namorada safada do amigo Olá, me chamo Victor, tenho 30 anos e essa história aconteceu a um tempo. Gabi era deliciosa. A verdade é que eu sempre quis transar com ela....

LER CONTO

A amiga atleta da minha esposa

Fodendo a amiga atleta da minha esposa Minha esposa é a maior gostosa, ela faz crossfit com um grupo de amigas, eu passo mal quando vejo qualquer uma delas, imagino uma boa suruba, porém...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 2 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos