Seus Contos Eróticos » Em Público » Fui guia de turistas liberais

Fui guia de turistas liberais

Publicado em abril 28, 2021 por store

Virei guia de turistas bastante safados e liberais

Me chamo Jorge, tenho 25 anos e minha cidade estava bastante movimentada mesmo nessa época de pandemia. A empresa em que trabalho me deu férias e aproveitei pra fazer um bico de guia turístico. Três amigos me contrataram por dias dias para mostrar as cachoeiras da região.

Quando cheguei para buscá-los, fiquei surpreso: Era um rapaz e duas mulheres gostosas, uma delas uma baixinha bem feita e outra mais velha com traços bem bonitos. O rapaz era fortão e bem gente boa também. No primeiro dia fiz meu trabalho numa boa e flagrei a baixinha e o rapaz se pegando escondido, trocando beijos e carícias safadas.

Teve uma hora que os dois começaram a se pegar dentro da água e notei que ela estava brincando com o cacete dele. Me virei para o outro lado quando percebi eles chegando perto da gente. Deu pra ver que o rapaz estava com o cacete bem duro dentro da sunga, mas nem dei muita moral pra esse assunto.

Acabamos o passeio e voltamos pro hotel, quando os deixei me pedirem o roteiro que quisessem fazer. Eles falaram que queriam conhecer uma cachoeira ali perto, que ficava depois de uma trilha. Achei uma ótima ideia e fomos. Chegando lá, a baixinha e o cara entraram na água, começaram a se pegar, ela caiu de boca e pagou um boquete gostoso pra ele.

Achei estranho o fato deles só se pegarem escondidos, então a mais velha se aproximou de mim e ficamos batendo papo em um ponto mais alto. Quando observamos, os dois amigos estavam se pegando pra valer em cima de uma pedra. Começamos a rir e perguntei para a moça se eles eram namorados.

Ela respondeu que os três eram amigos mas se pegavam sempre que dava vontade. Que era gostoso curtir sem compromisso, apenas se deixando levar e perguntou se eu concordava, então, concordei sem hesitar. Ela aproveitou e disse: Eu mesma estou doida para encostar em você, te sentir, você aí todo fortão. Nossa! Essa noite nem dormi te imaginando.

Eu fiquei meio paralisado, mas ao mesmo tempo soltei um sorriso safado e foi a deixa. A mulher veio pra cima de mim, me beijando, me acariciando, fui deitando e ela ficou por cima. Nós dois nos esfregando e a coisa começando a ferver com ela em cima de mim. Eu já estava apertando sua bunda branquinha, nossas bocas se envolviam de um jeito bem intenso e minha mão deslizava para sua bucetinha que estava bem encharcada. Meu dedo deslizou para dentro e a safada mordeu minha boca.

Quanto mais eu beijava e mordia, mais ela mandava em mim. Nisso, dei um tapa forte na bunda dela, estalou pelo rio e nem me dei conta da força. Ela gemeu forte, tirou meu cacete e sentou em cima, sem camisinha mesmo. A safada rebolava e gemia, eu tentava abafar seus gemidos com meus beijos, mas ela estava louca gemendo no meu pau, subindo e descendo.

Cara, nunca vi uma mulher gozar tão rápido, ela começou a ter espasmos, subiu seu corpo, começou a apertar meu tórax com força e suas unhas ficaram cravadas. Ela foi tremendo, gemendo, até cair sobre meu peito.

Nossa! Eu sabia que você era gostoso, mas que gozada maravilhosa foi essa?

Ela não parava de sorrir e me beijar, então vi a sombra dos outros dois chegando e a amiga dela comentou: Ah, safada! Sabia que você iria conseguir, ela falou a noite toda seu nome, querendo saber se você era mesmo gostoso.

Meu pau ainda estava duro dentro dela e senti ela começando a rebolar devagar. Nisso, foi me deixando muito doido, ela levantou, os outros dois assistiram tudo rindo e aproveitando pra se pegar, então o amigo tirou o cacete da sunga e colocou na boca dela. A safada chupava a pica dele e rebolava na minha. Logo depois a outra se juntou e começou a me chupar junto com a amiga safada.

Foi uma loucura, eu e o cara começamos a comer as duas, elas ficaram cheias de tesão e nossa tarde foi de muita putaria. Voltamos para o hotel rindo da situação e conversando sobre nossas safadezas. Quando chegamos no último ponto, estávamos mais soltos, nos pegando e eu fiquei meio de namoradinho da gostosa que eu tinha comido. No dia seguinte eles me pagaram, se despediram e trocamos algumas mensagens depois, relembrando os momentos gostosos que vivemos naquele lugar.

994 views views

Contos relacionados

Foda com estranho dentro do trem

Me chamo Cibele, tenho 22 anos, acabei numa foda com estranho e adorei. Vou contar um pouco sobre mim: Cabelos castanhos, 1,70m, 62kg e faço faculdade de enfermagem. O que vou contar hoje, foi algo...

LER CONTO

Fodendo a novinha dentro do mar

Eu acabei fodendo a novinha dentro do mar Uma novinha gostosa tirou meu sossego antes da pandemia. Passei um tempo no Rio de Janeiro, peguei uma praia e acabei de olho em uma loira bem gostosa,...

LER CONTO

Uma experiência sexual voyeur

Tem um rapaz que trbaalha no mesmo shopping que eu. Sempre trocamos olhares, no entanto, nunca imaginei que passaria disso. Tenho 21 anos, sou loira, malhada e acredito que chamo a atenção por onde...

LER CONTO

Loucuras na piscina da pousada

Muita putaria na piscina Eu estava de férias com meu namorado numa pousada do litoral de São Paulo, só pra relaxar alguns dias, o lugar era muito tranquilo, aqueles lugares em que as pessoas...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 2 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos