Seus Contos Eróticos » Fetiches » Fui voyeur com o amigo do meu irmão

Fui voyeur com o amigo do meu irmão

Publicado em abril 26, 2021 por store
5/5 - (4 votes)

Descobri que adoro ser voyeur

Eu tenho 21 anos, mas desde cedo sempre curti ver outras pessoas transando. Eu sou uma mulher loira, olhos castanhos, baixinha, porém, com coxas grossas, bunda redondinha e seios durinhos. Ver a foda alheia sempre me deu mais tesão do que transar, mas eu estava com um fetiche de pegar alguém no flagra e acabar participando da foda, só faltava oportunidade.

Um dia conheci um amigo do meu irmão, que vou chamar de Thiago. Ele é loiro, corpo bronzeado, surfista e tem a maior cara de safado, do jeito que eu gosto. Um dia rolou um convite para uma festinha na casa de praia dos pais dele e meu irmão não poderia ir porque a namorada dele não estava a fim e nem queria que ele fosse sozinho, já imaginando a putaria que ia rolar.

Como o Thiago já frequentava nossa casa há um tempo, não vi problema em me convidar. Ele ficou bem animado, disse que ia cuidar bem de mim e que eu ia me divertir muito, mas até então, ele não tinha demonstrado nenhum interesse por mim, acho que por respeito ao meu irmão e a amizade dos dois.

Bom, no dia da festa, chamei duas amigas pra irem comigo, a casa estava maravilhosa, uma galera estava bêbada curtindo o churrasco e outros dentro da piscina enquanto a música eletrônica tocava, deixando todos nós bem animados. Minhas amigas são bem safadas e não demoraram a encontrar uns gostosos para irem até algum quarto da casa transar muito.

Eu vi o Thiago ficando com uma loira, mas depois de trocarem beijos bem gostosos, ela dispensou ele, dizendo que queria curtir a festa. Vi quando ele subiu meio contrariado para o seu quarto e resolvi ir atrás. No andar de cima não tinha muita gente, só algumas pessoas fodendo nos quartos, inclusive minhas amigas.

A porta do quarto do Thiago estava encostada e pelo buraco da fechadura pude ver ele tirando a roupa, cueca e aquele pauzão imenso saltando bem duro. Nossa! na hora minha buceta latejou e ficou bem molhada. Eu fiquei louca para provar aquele pau.

Pra deixar a situação mais excitante, o safado sentou na beirada da cama e começou a tocar uma punheta bem gostosa. Eu tive que me segurar pra não invadir o quarto e cair de boca ali mesmo, no entanto, não sei se para minha sorte ou azar, o Thiago acabou percebendo minha presença e tomou um susto.

Ficamos um tempo trocando olhares nervosos, mas logo quebrei o gelo indo pra cima dele e beijando sua boca gostosa e sentindo o leve gostinho de vodka com limão. Eu agarrei seu pau ali mesmo, comecei a punhetar e disse que tinha ficado muito excitada assistindo ele se masturbando. Ele disse que poderia realizar minha fantasia, voltou a sentar na cama e se masturbou olhando pra mim.

– Tá gostando, sua safada? porque você não faz junto comigo?

Nessa hora tirei toda minha roupa e comecei a me masturbar na frente dele, colocando meus dedos na buceta e tirando eles bem melados, deixando ele com muito tesão nessa cena. A gente ficou um tempo ali se masturbando, mas eu queria muito sentar naquele cacete. Empurrei o Thiago na cama, encaixei seu pau na minha bucetinha e comecei a cavalgar enquanto apoiava minhas mãos em seu peito.

Ele ficou louco me comendo, bombava com força, nossos corpos suando loucamente e nossos cheiros se misturando. Pedi pra ele comer meu cuzinho, fiquei de quatro e deixei ele me arregaçar inteira. Apesar da dor que foi aquele anal, me dava muito prazer.

Ficamos num vai e vem gostoso por vários minutos, até que ele deu uma gozada gostosa no meu cu sem avisar nada. Senti sua porra me invadindo e acabei gozando gostoso. Depois de foder com ele, voltei pra curtir a festa e percebi que meu tesão ficava muito maior quando eu via um homem na punheta.

2.746 views views
5/5 - (4 votes)

Contos relacionados

Do avião para o motel

Sempre que viajo de avião fico cheia de tesão. Outra coisa que me deixa muito excitada são homens de terno. Um dia fiz uma viagem e juntou os dois. Eu estava no avião, e um homem de uns 40 anos,...

LER CONTO

Não consegui segurar o tesão

Meu nome é Renata, tenho 35 anos e não sei se é normal, mas me masturbo todos os dias, adoro ver pornô, fico excitada de me molhar muito facilmente. Eu tenho 1,70 de altura, peso 76 quilos, coxas...

LER CONTO

Dando uma rapidinha no hospital

Dando uma rapidinha gostosa no hospital durante o expediente Trabalhar no hospital não é fácil, todo dia lidamos com a dor de perder alguém, mesmo que não seja ninguém próximo a nós,...

LER CONTO

Sadomasoquismo e primeira inversão sexual

Eu e Mateus somos amigos de infância e sempre fomos muito próximos e durante nossa juventude as coisas foram ficando mais intensas entre nós dois. Eu o considero um pau amigo, pois sempre que estou...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 3 = ?
Desfrute do maior acervo de contos eróticos verídicos da internet e o melhor que o nosso conteúdo é 100% grátis.
© 2022 - Seus Contos Eróticos